DEH303 – Habitação e Exclusão Social

 

CARGA HORÁRIA: 45 horas (3 Créditos)

 

EMENTA:

 

O problema da moradia: urbanização versus exclusão social. A contradição entre o direito de moradia e os modelos formais do direito à propriedade. A renda da terra urbana. Políticas públicas de habitação. Estratégias populares de provisão de habitação: o formal X o informal.

 

 

BIBLIOGRAFIA:

 

ARANTES, O.; MARICATO, E.; VAINER, C. (2000). A cidade do Pensamento Único: desmanchando consensos. Vozes, Rio de Janeiro.

BONDUKI, Nabil (org.)(1996). Habitat:as práticas bem-sucedidas em habitação, meio ambiente e gestão urbana nas cidades brasileiras. Studio Nobel, São Paulo.

____________ (1998).  Origens da Habitação Social no Brasil. Estação Liberdade, São Paulo.

ROBALINHO, Verônica C. (1980). Loteamentos proletários e autoconstrução: um estudo de caso. Dissertação de mestrado apresentada ao IPUR, COPPE, UFRJ, Rio de Janeiro.

MARICATO, Ermínia (1979). A Produção Capitalista da Casa (e da Cidade) no Brasil Industrial. Alfa-Ômega, 2ª ed. 1982, São Paulo.

____________ (1996). Metrópole na periferia do capitalismo. Ed. Hucitec, São Paulo.

ROLNIK, Raquel (1997).  A cidade e a lei : legislação, política urbana e território na cidade de São Paulo. Studio Nobel - FAPESP, São Paulo.

SOUZA, Angela Gordilho (2000). Limites do habitar: segregação e exclusão na configuração urbana contemporânea de Salvador e perspectivas no final do século XX. EDFBA, Salvador.

SOUZA, Flávio (1996). Theorising urban land: lessons from the practices of land disputes in Brasil. In: International research & practice : bridging the gap. Ed. Huddersfield, University of Huddersfield.